Geral
Viação Itapemirim deixa de atender 73 cidades em diferentes estados
  • Viação Itapemirim deixa de atender 73 cidades em diferentes estados

A Viação Itapemirim, que pertence ao grupo de mesmo nome, pediu à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) a suspensão do atendimento em 73 mercados onde atua. Cada mercado representa uma cidade, por onde passa uma linha da empresa.
 

Segundo a ANTT, o pedido feito pela Itapemirim foi atendido pela portaria 476, publicada na quarta-feira (29) no DOU (Diário Oficial da União). A suspensão dos serviços começa a valer em 27 de janeiro de 2022.
 

O grupo Itapemirim é dono da companhia aérea ITA (Itapemirim Transportes Aéreos) que, desde o dia 17, deixou milhares de consumidores sem transporte com o anúncio da suspensão dos voos. A ITA fechou esta semana um termo de compromisso com o Procon-SP para reembolsar os consumidores de São Paulo, sob pena de multa de R$ 5 milhões.
 

Questionada pela reportagem, a ANTT esclareceu que "o passageiro terá direito ao reembolso do valor pago pelo bilhete, em até 30 (trinta) dias do pedido, bastando para tanto a sua simples declaração de vontade por meio de formulário fornecido pela transportadora".
 

O grupo está em recuperação judicial desde 2016 e com dívidas tributárias de quase R$ 2 bilhões. O dono, Sidnei Piva, tem uma trajetória marcada por acusações de contratos não cumpridos e processos judiciais. A reportagem entrou em contato com a empresa, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.
 


 

A companhia pediu a suspensão do atendimento em 73 mercados, que envolvem 16 linhas. São elas:
 

- AREIA (PB) - RECIFE (PE)
 

- BELO HORIZONTE (MG) - RECIFE (PE)
 

- BRASÍLIA (DF) - MACEIÓ (AL)
 

- CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM (ES) - CAMPOS DOS GOYTACAZES (RJ)
 

- CALDAS NOVAS (GO) - MACEIÓ (AL)
 

- FEIRA DE SANTANA (BA) - FORTALEZA (CE)
 

- RECIFE (PE) - BARRA DO GARÇAS (MT)
 

- RECIFE (PE) - CURITIBA (PR)
 

- RECIFE (PE) - FOZ DO IGUAÇU (PR)
 

- RECIFE (PE) - RIO DE JANEIRO (RJ)
 

- RECIFE (PE) - SÃO PAULO (SP)
 

- RIO DE JANEIRO (RJ) - TERESINA (PI)
 

- SALVADOR (BA) - SOBRAL (CE)
 

- SÃO PAULO (SP) - JOÃO PESSOA (PB)
 

- SÃO PAULO (SP) - SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE (PE)
 

- TERESINA (PI) - BELÉM (PA)

31/12/2021/ 07:08:34
Outras Notícias
  • Fiocruz fornece medicamento indicado para oito doenças ao SUS
Fiocruz fornece medicamento indicado para oito doenças ao SUS
11/08/2022/ 06:31:02

O Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz) está fornecendo, desde a última segunda-feira (8), ao Sistema Único de Saúde (SUS) biofármaco indicado para o tratamento de oito doenças. O instituto estima que 60 mil pacientes o utilizam a medicação em seus tratamentos.&...

  • Estudo mostra que 1 em cada 100 nascidos no mundo tem cardiopatia congênita
Estudo mostra que 1 em cada 100 nascidos no mundo tem cardiopatia congênita
08/08/2022/ 06:38:19

De acordo com os estudos da American Heart Association, em todo mundo, 1 em cada 100 nascidos têm cardiopatia congênita, chegando a 1.35 milhões de doentes por ano. Segundo a Agência Brasil, o acompanhamento pré-natal e o diagnóstico precoce são fundamentais para o tratamento adequado de bebês com o problema.Segundo...

"Não podemos errar novamente como erramos no HIV/Aids", diz especialista sobre varíola dos macacos
05/08/2022/ 06:41:03

Reportagem publicada originalmente no Jornal da Metropole em 4 de agosto de 2022Imagine que você está no transporte público, indo para o trabalho e se depara com alguém infectado - e que tem conhecimento disso - com varíola dos macacos sem o menor cuidado em evitar a transmissão. Isso aconteceu com o médic...

  • Saúde aponta que dengue matou 752 brasileiros neste ano
Saúde aponta que dengue matou 752 brasileiros neste ano
05/08/2022/ 06:37:36

A dengue matou 752 pessoas no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Ainda conforme os dados, o número corresponde a 25 óbitos por semana.  De acordo com O Globo, o quantitativo de vítimas fatais ainda pode aumentar. Especialistas dizem que a doença é cíclica, fator que leva o Brasil a vivenciar epidemias ...